quinta-feira, 25 de junho de 2009

PRÉMIO LEMNISCATA


Este selo foi um presente da minha amiga Ellen do Blog EELLEENN (http://felixahel.blogspot.com/), a quem muito agradeço a honra. Sem falsa modéstia, não sei se serei merecedora mas ela assim o considerou por isso, OBRIGADA, Amiga!


Este PRÉMIO foi um "Selo" criado a pensar nos blogs que demonstram talento, seja nas artes, nas letras, nas ciências, na poesia ou em qualquer outra área e que, com isso, enriquecem a blogosfera e a vida dos leitores.

Seguindo a política habitual de atribuição de prêmios, também este tem algumas regras sendo elas:

1 – O premiado deverá expor o selo no seu blog e atribuí-lo a sete(7) outros blogs que considere merecedores.

2 – O premiado deverá responder à seguinte pergunta: O que significa para si ser um Homo sapiens sapiens?"

Nota: Para quem quiser só responder à pergunta esteja à vontade para o fazer tendo sempre na mesma o PRÉMIO Lemniscata.


Vou limitar-me a responder à pergunta e vou furar a 1ª regra (desculpa, Ellen!!!!).



"Homo sapiens sapiens
As formas mais modernas de Homo sapiens apareceram pela primeira vez há cerca de 120 000 anos. Há cerca de 40 000 anos, com o aparecimento do Homem de Cro-Magnon, a utensilagem torna-se marcadamente mais evoluída e sofisticada, com um uso variado de materiais como osso e armações de animais, incluindo novos implementos no fabrico de roupagem, escultura e gravação. Materiais de fino retoque, na forma de utensílios decorados, colares, imagens em marfim de homens e animais, figuras em barro, instrumentos musicais e espectaculares pinturas em gruta e gravuras ao ar livre, aparecem por volta de 20 000 anos. A capacidade média do cérebro dos humanos modernos é de aproximadamente 1350 cc. A testa ergue-se destacadamente, a zona sobre os olhos é ténue ou ausente, o queixo proeminente, e o esqueleto é muito grácil. Mesmo dentro dos últimos 100 000 anos, um longo período em direcção a uma estrutura dentária de molares mais pequenos e decrescente robustez pode ser perfeitamente discernido. A face, maxilar e dentes dos humanos do Mesolítico (cerca de 10 000 anos) são sensivelmente 10% mais robustos que os nossos. Os homens do Paleolítico Superior (cerca de 30 000 anos) eram 20 a 30% mais robustos que os exemplos actuais europeus e asiáticos. Mesmo no presente, populações como as de aborígenes australianos apresentam dentes com dimensões mais próximas das dos sapiens arcaicos. A adaptabilidade ao meio, forma de produção, alimentação e outras variáveis desenvolveram uma selecção natural durante os últimos 10 000 anos." in Infopédia.

Pois é, parece-me a mim que anda por aí muito homem a anos-luz deste Homo sapiens sapiens, com vantagem para o segundo, evidentemente.



12 comentários:

Anónimo disse...

essa ultima frase está muito boa eheheheheh...

bejinho e vou dormir rssssss

Sandra disse...

Legal este cantinho.
Gostei.
Tem selo para vc. em curiosa. Passe lá. Bjs.
sandra

Muito obrigada pelos comentários. Vc. será sempre bem vinda.
adoro a sua companhia.
Saandra

Valdemir Reis disse...

Olá estou visitando, parabéns pelo belissimo trabalho, excelente. Quem segue acompanhado de um amigo vai mais longe, muito além...
Compartilho o texto a seguir
“A amizade é assim:
É sentir o carinho,
É ouvir o chamado.
É saber o momento
de ficar calado.
Amizade é somar
alegrias, dividir tristeza.
É respeitar o espaço,
silenciar o segredo.
È a certeza
da mão estendida.
A cumplicidade que
não se explica,
Apenas vive!”
Olavio Roberto
Grato de coração por sua atenção e gentileza. Deixo votos de um fim de semana repleto de muitas alegrias, muitas bênçãos e que reine a paz, saúde e proteção, brilhe sempre! Fique com Deus. Encontrar-nos-emos sempre por aqui. Felicidades.
Valdemir Reis

Sandra disse...

Oi amiga!
Vim convidar vc. para degustar um saboroso pinhão em minha casa Curiosa.
Te espero lá
Sandra

Susana disse...

Olá Gaby!

A blogagem da Aldeia da Minha Vida foi um grande sucesso, graças à sua participação e divulgação.

Convido-o(a) a participar na próxima blogagem de Julho “ Férias na Minha Terra”.

É uma oportunidade única para demonstrar a todos que vale a pena passar férias no nosso país, especialmente na nossa querida terra, seja ela aldeia, vila ou cidade.

Inscreva-se e mande o seu texto até 7 de Julho para o seguinte e-mail: aminhaldeia@sapo.pt

Para premiar a sua participação, vamos atribuir ao melhor post um fantástico prémio e ao melhor comentário também.

Muito obrigado pela sua atenção!

Votos de um feliz dia!

Susana Falhas

Valdemir Reis disse...

Amiga Gaby passando e compartilhando:
O valor da amizade?
“Quantas vezes são os amigos que nos fazem sorrir quando tínhamos vontade de chorar, mas a sua simples presença traz de volta o sol a brilhar em nossa vida.
Entretanto, não existe só alegria, amor, felicidade nesta relação que como em qualquer outro relacionamento, passa por crises passageiras, por momentos intempestivos, abalos ocasionais.
Podemos comparar esse elo de amizade ao tempo que passa por alterações climáticas constantemente, mas é dessa forma que aprendemos a nos conhecer, compartilhar momentos, que se desenvolve uma amizade.
É na amizade verdadeira que encontramos sinceridade, lealdade, afinidade, cumplicidade, simplicidade, fraternidade.
Amigos são irmãos que a vida nos deu para caminhar conosco ao longo da nossa jornada espiritual, extrapolando os limites do tempo, continuando quando e onde Deus assim o permitir.” Autora: Sandra Q. Nogueira
Permita deixar um recado o nosso Blog www.valdemireis.blogspot.com foi indicado para participar do “CONCURSO TOP BLOG CATEGORIA VARIEDADES”. Fique a vontade. Honrado e feliz, antecipadamente agradeço por sua visita e voto, meu muito obrigado!!! Desejo um ótimo fim de semana, muitas bênçãos, paz, saúde e proteção, brilhem sempre! Fique com Deus. Encontrar-nos-emos sempre por aqui. Sucesso.
Valdemir Reis

O Profeta disse...

Haverá?! Há sempre uma deusa perdida
Nos labirintos da contradição
Há sempre alguém que usa a palavra amor
Soprando doce veneno ao coração
Há sempre alguém que nos diz coisas tontas
Há sempre alguém que afugenta a Saudade
Há sempre alguém que nos marca a ferro frio
Há sempre uma alma ausente da verdade

Bom fim de semana


Doce beijo

Sandra disse...

Oi minha linda!
Tem selo para vc. em curiosa. Passe lá. Sandra

O Profeta disse...

Ao meu querer!
Dias noites, estações esquecidas
Inventei sonhos para sonhar
Lavei mágoas, dores perdidas

Uma árvore toca as águas da lagoa
O nevoeiro faz desenhos nas cumeeiras
Um Melro negro solta um pio ao acaso
A palavra quero-te diz-se de mil maneiras


Convido-te a ver a Cor da Claridade


Doce beijo

O Profeta disse...

Este mar de fresco azul
Estas pedras sentinelas constantes
Estas ondas que adormecem nelas
Vieram do mundo em formas navegantes

O amargo das uvas verdes
Cede ao sorriso do astro rei
O doce invade os sentidos
E a ternura impõe a sua lei


Boa semana


Mágico beijo

Sandra disse...

Sei que vc. está fora.
Mas se puder eu te espero lá.

Tem um presente muito especial na Cruriosa e no Blog Uma interação de amigos. Passe lá e pegue. Principalmente o seu chapeu de seguidor.
com muito carinho
Sandra

Anónimo disse...

estás desculpada...eu também vou furando algumas da sregras eheheh

Beijinho